SEMANA: Exportações brasileiras de milho atingem 2,15 mi t em janeiro

Porto Alegre, 18 de janeiro de 2019 – As exportações de milho do Brasil
apresentaram receita de US$ 378,2 milhões em janeiro (8 dias úteis), com
média diária de US$ 47,3 milhões. A quantidade total de milho exportada pelo
país ficou em 2.15 milhão de toneladas, com média de 268,8 mil toneladas. O
preço médio da tonelada ficou em US$ 175,90. Os dados são do Ministério da
Indústria, Comércio e Serviços e foram divulgados pela Secretaria de
Comércio Exterior.

Na comparação com a média diária de dezembro, houve uma elevação de
33,6% no valor médio exportado, uma alta de 33,9% na quantidade média diária
e perda de 0,3% no preço médio.

Na comparação com janeiro de 2018, houve ganho de 121,8% no valor médio
diário exportado, elevação de 95,7% na quantidade média diária de volume e
valorização de 13,3% no preço médio.

O mercado brasileiro de milho seguiu com negociações morosas na semana e
sem grandes modificações nos preços. As atenções estiveram voltadas para o
clima em importantes regiões produtoras. A previsão de chuva no Sul do Brasil
e no Centro-Oeste durante a sexta-feira alivia a situação das lavouras de
milho. Mas, o quadro ainda é complicado.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, cada
vez mais o foco dos produtores e transportadoras está na colheita e no
escoamento da soja, com encarecimento do frete em algumas regiões. A
comercialização de milho acaba ocorrendo de maneira regionalizada e bastante
pontual, salienta o analista.

No porto de Santos, a cotação ficou em R$ 36,50 a saca na base de compra
nesta quinta-feira. No Paraná, a cotação ficou em R$ 35,00/36,00 a saca em
Cascavel. Em São Paulo, o preço esteve em R$ 37,00/38,00 na Mogiana. Em
Campinas CIF, preço de R$ 41,00/41,50 a saca.

Já no Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 35,00/36,00 a saca em Erechim.
Em Minas Gerais, preço em R$ 35,00/35,50 a saca em Uberlândia. Em Goiás,
preço esteve em R$ 28,50/30,50 em Rio Verde. Em Mato Grosso, preço ficou a
R$ 26,00/27,00 a saca em Rondonópolis, na base do vendedor.

Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS